em ,

AEW: Fight Forever – Novidades e problemas com a Yuke’s

Semana passada nós noticiamos aqui no Wrestlemaníacos que em breve teríamos mais novidades sobre o novo jogo da AEW. Pois bem, no dia de hoje (04/05) a AEW realizou uma live em seu canal de Games da Twitch onde soltou alguns teases sobre a situação atual do seu primeiro jogo para consoles e PC, o AEW: Fight Forever. Na live foi confirmada a informação de que o jogo estará disponível para console e para PC. Além disso foi mostrado como estão os personagens de Kris Statlander e Nyla Rose tanto em suas entradas quanto na aplicação dos golpes dentro do ringue e você pode conferir como ficaram no vídeo abaixo.

Além disso, segundo o site Fightful Select, é esperado que o roster do jogo tenha algo em torno de 50 lutadores em seu lançamento, e a AEW espera que esse numero aumente ainda mais com o lançamento de DLCs futuras, já que a ideia do jogo não é ser algo que tenha relançamento anual, como acontece com os jogos da WWE nos últimos 20 anos. O tamanho dessa database de personagens do jogo fez com que os custos de produção já superem o investimento inicial da AEW no jogo, criando apenas um dos muitos problemas entre a AEW e a Yuke’s, desenvolvedora.

Segundo o site Sports Gamers Online, existem muitos questionamentos sobre a direção que a produção do jogo está tomando. O jogo já está mais custoso que o orçamento inicial (que foi relativamente alto para um primeiro jogo) previa e ainda faltam muitos detalhes a serem acertados. Esses problemas financeiros inclusive criam cenários onde o jogo deve entregar menos do que foi oferecido inicialmente devido a corte de custos.

Outro problema recorrente revelado pela SGO é o estado péssimo que se encontra o relacionamento entre a AEW Games e a Yuke’s, com muitas discussões entre eles. Por parte do AEW Games o destaque vai para o ex-campeão Kenny Omega, um dos responsáveis do projeto, que diz estar frustrado e odiando trabalhar junto com a Yuke’s. Outras pessoas dizem que a Yuke’s em alguns momentos se aproveita da inexperiência de Kenny Omega na posição de desenvolvedor de jogos para “tirar vantagem” disso.

Devido a essas situações criadas durante o desenvolvimento do AEW: Fight Forever, pessoas de ambos os lados tem dito que o acordo para produção dos jogos não deve continuar após o fim desse projeto inicial.

“As coisas podem até se acertar em algum momento, mas parece que não vai acontecer. Se algum dos lados não quiser continuar, a AEW vai procurar por um novo parceiro para os futuros jogos.” Disse uma das fontes da SGO.

“Yuke’s quase que com certeza assinaria um contrato novo e se investiria a mais nisso. Mas a AEW está nervosa sobre se acertar a longo prazo com tudo isso que está acontecendo.” disse outra fonte, colocando a responsabilidade sobre futuros jogos além do AEW: Fight Forever nas costas da empresa de Tony Khan.

Um dos problemas sobre o futuro está em quem tem os direitos sobre a “engine” do jogo. Se a Yuke’s for a dona de todo o sistema do AEW: Fight Forever, então as opções da AEW em procurar outra produtora sem desembolsar mais dinheiro para a compra do sistema são curtos. Se não, a AEW terá uma discussão mais fácil de se lidar quanto ao futuro do AEW Games.

De toda forma fica ao publico aguardar o lançamento do jogo, que deve acontecer ainda em 2022 e promete ser uma versão muito mais Arcade dos jogos de luta do que os últimos lançamentos da WWE em parceria com a 2K Sports. Fique atento ao nosso site e as nossas redes sociais para mais novidades sobre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…