em ,

Big Swole fala sobre os problemas da AEW, Tony Khan responde

Durante a última edição do seu Podcast, Swole World, Big Swole falou sobre sua experiência na All Elite Wrestling. No dia 30 de novembro do 2021, foi anunciado que Swole e a gerência da AEW chegaram até um acordo mútuo, no qual as duas partes decidiram não renovar o contrato dela quando chegara a seu fim.

Ela falou sobre a falta de ordem enquanto a gestão do elenco, assim como a falta de igualdade em oportunidades. Swole disse o seguinte (Clique aqui para ouvir o episódio do seu Podcast. Ouça ao redor do minuto 37 para escutar a citação):

“Eu expliquei para TK (Tony Khan) que eu não queria renovar meu contrato porque a minha paz estava sendo perturbada. Se alguém se conhece a sim mesmo, quando alguma coisa está perturbando a sua paz, é a hora de deixa-o ir.” (…)

“Meu coração não estava nisso, esse foi o motivo pelo qual eu saí da AEW. Eu senti, e falei sobre isso em minha entrevista de despedida, que tinham várias coisas que precisam de mudar. Eu sei que os fãs da empresa não gostam de receber críticas às vezes. Saibam isto, como alguém que esteve lá adentro, essa estrutura não estava muito estável.” (…)

“É bom ter liberdades, mas eu gostaria de ter um pouco mais de estrutura.”

“Senti que as mulheres não deveram de passar por tudo o que elas foram só para comparecer em televisão ou receber tempo. Se você foi assinada por esta empresa, você merece tempo. Todos esses homens estão recebendo tempo, mas as mulheres não recebem nada. Ou não foram colocadas na TV porque mais gente estava chegando, mas sem suficientes postos para toda essa gente.”

“Agora tem várias pessoas sentadas, esperando, lutando por apenas dois ou três minutos no Dark. Isso não me faz feliz. Entregar mais dinheiro não faz uma pessoa feliz.” (…)

“Não tem escritores. Não todos estão cômodos escrevendo seu próprio material. As bocas fechadas não são alimentadas. Se você é tímido e não sabe como escrever, ou não é criativo, nada vai dar certo para você a menos que eles queiram que dê certo para você.”

Não acha que AEW tenha boa representação negra

Swole também se focou na falta de diversidade de raça dentro da empresa:

“Além da falta de estrutura, seu maior problema é a diversidade. Eu não vou estar com rodeios quando falo sobre diversidade e minha gente. Não tem representação, na verdade, e quando tem, não chega à comunidade negra como representação genuína. Nem um pouco. Eu não sei porque todos têm medo de aceita-o ou dize-o, mas não é algo bom.” (…)

“O que acontece é que você tem está empresa maravilhosa na qual todos são tratados como uma família, mas não tem ninguém que pareça a mim, nem que represente a nós na cima da empresa, e que esteja na mesma habitação com aqueles que estão na cima. Não necessariamente influenciando em decisões, mas para explicar porque algumas gírias e algumas palavras não deveriam ser ditas.” (…)

“Eu sabia que algo estava mal quando algo mudou em minha filha, que ama a luta livre, e que assistia AEW sempre e rara vez assistia WWE. Ela não gostava muito disso (WWE) a menos que papai (Cedric Alexander) estivesse na TV, o qual parou quando estragaram o Hurt Business. Mas ela começou a dizer, “Mamai, não tem ninguém que seja como eu na AEW” (…)

“Então, ela começou a assistir WWE porque viu Bianca (Belair) e Big E. Viu ela mesma representada.”

“Porque as pessoas dizem que devem passar três anos para que AEW tenha um campeão negro? Este é um esporte roteirizado. Não deveria demorar tanto. Vocês enxergaram o que a WWE fez por mais de cinquenta anos, e deveriam saber que não deveram fazer isso.” (…)

“Não apenas com as pessoas negras. Também gostaria de ver mais latinos ou hispanos, ou mais asiáticos. Sinto que os asiáticos e os índios não recebem amor. Simplesmente não. Eu odeio o fato de que eu ligo a TV e acho apenas o mesmo uma e outra vez.”

A resposta do Tony Khan

O dono da AEW, Tony Khan, enviou um controverso Tweet em resposta às declarações da Big Swole.

“Os dois principais executivos da AEW são marrões (eu & Megha)! [Megha Parekh é a Vice Presidente Sênior e Chefa da Assessoria Jurídica da AEW] Jade (Cargill), (Anthony) Bowens, (Max) Caster, Dante (Martin), Nyla (Rose), Isaiah (Scott) e Marq Quen tiveram vitórias neste mês. O torneio pelo Campeonato da TBS foi muito diverso.”

“Eu deixei que o contrato da Swole chegue a seu fim porque não senti que era a suficientemente boa na luta livre.

Temos combate sem regras no AEW Rampage desta noite!”

Várias pessoas criticaram Khan pela sua falta de profissionalismo nesse tweet. Considerando que Khan deveria falar sobre esse tipo de assuntos em privado, e não colocar sua opinião sobre o talento dos seus ex-empregados em nas redes sociais.

A resposta do elenco

Mesmo assim, alguns lutadores da AEW falaram em defesa da empresa. Por exemplo, Powerhouse Hobbs comentou o seguinte sobre seu tempo na AEW:

“Eu participei em momentos importantes desde que assinei com AEW, assim como outras minorias.”

“TK me colocou em momentos importantes na hora certa. Momentos que significavam algo.”

“(Contra Punk, Christian Cage, Brian Cage e Hangman. E especialmente quando resgatei o Mox)”

“Esta empresa esteve ali quando faleceu a minha Mãe.”

“Cody e QT (Marshall) tiveram um papel importante na minha contratação.”

“Finalmente, se você tem um problema com alguém, pegue seu telefone.”

Outros, como Lio Rush, exigiram desculpas por parte do Tony Khan. Mas eventualmente mudaram de opinião.

“PEDE DESCULPAS, TONY KHAN”

“Vou deixar claro. Eu não este com um problema de diversidade. e em nenhum momento pensei ou disse que AEW ou Tony eram racistas.”

“Todos vemos claramente que a luta livre e geral, e o elenco da AEW, são perpetuamente diversos. O problema era de insensibilidade racial. Após falar com Tony e Megah, discutimos sobre as tarefas necessárias para ter um maior entendimento as adversidades da comunidade negra.”

“Eu agradeço que possa conhecer mais sobre os contextos étnicos do Tony e Megah, E celebro que eles tenham interesse em ser aconselhados desde uma perspectiva afro-americana.”

“Tenho orgulho de trabalhar para um chefe e uma empresa que tenta fazer esses avances na equidade social. Espero trabalhar mais adiante com Tony para continuar avançando até mudanças positivas. Espero que o 2022 seja um ano de mudanças positivas em todos os apectos.”

Até o momento, Khan não deu nenhuma outra declaração sobre este tema.

Por César Mendoza

Un peruano con suerte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…