em , ,

Brodie Lee comenta como foi sua liberação da WWE

Brodie Lee comentou a respeito de seus últimos passos dentro da empresa de Vince McMahon

O ex-WWE Superstar Luke Harper, agora conhecido como Brodie Lee, fez sua estreia na AEW recentemente e foi o convidado do mais recente episódio do podcast de Chris Jericho o Talk is Jericho.

Lee comentou sobre diversos aspectos de sua carreira, entre eles, como foi os momentos finais de sua relação com a WWE. Ele disse que o início do fim de seu período na empresa ocorreu no começo de 2019 depois de esperar sentado fora do escritório de Vince McMahon por mais de três horas na tentativa de apresentar uma ideia para ele. Segundo Brodie, Vince estava em uma reunião de produção.

Quando a reunião acabou, Vince disse para Lee que não queria ver ninguém no momento e antes de ir embora bravo com a situação, Lee tentou uma última vez lhe entregar a ideia que tinha.

“Finalmente, antes de ir embora para casa, eu entreguei para ele minha ideia. Mas foi a mesma coisa, ele estava comendo uma salada ou algo do tipo e disse “ok, eu vou olhar isso no avião” e eu sabia que era isso”

Baseado na linha do tempo dos acontecimentos, parece que tudo isso aconteceu quando Lee foi anunciado para uma luta no Axxess durante o final de semana da WrestleMania. Neste tempo, Harper compartilhou nas redes sociais uma declaração em que duvidava de seu lugar dentro da companhia devido ao fato de não ter sido chamado para nenhuma luta dos shows principais da WWE. Ao fim, ele acabou participando do Andre the Giant Memorial Battle Royal.

Segundo Lee, ele conseguiu participar da Battle Royal após mandar uma mensagem de texto para Vince e ter uma conversa com o chefe da WWE sobre sua carreira.

“Ele havia me perguntado ‘Por qual razão não estava na Battle Royal’ e eu disse ‘Senhor, esta é uma questão que você provavelmente deveria saber responder’. Então Vince disse ‘Bom, você está agora!’ e eu disse ‘Legal’. Me lembro daquelas semanas nas reuniões, ele havia censurado alguns dos escritores… ‘Como que deixamos esse cara fora sem nada? Vamos criar algo para ele.'”

Tudo isso deu um ar de esperança para Brodie Lee que as coisas iriam funcionar, mas ainda assim as coisas não se aprofundaram. Depois disso, ele seria usado como guarda-costas de Samy Zayn no SmackDown pós-WrestleMania, algo que Lee não queria, pois estava cansado de ser o ajudante de alguém. A ideia acabou sendo cancelada no último minuto.

Este foi o momento em que o lutador decidiu pedir por sua liberação.

Harper levou seu pedido de liberação à público em abril de 2019, mas, no entanto, foi negado e ele permaneceu com a empresa até o final de seu contrato.

Brodie afirma que Vince lhe perguntou depois se ele queria mais dinheiro ou uma rivalidade, no qual ele respondeu que não queria nenhuma das alternativas naquele momento. “Na época, eu não percebi que outras pessoas haviam pedido por suas liberações também, mas não publicamente, e então muitas pessoas fizeram o mesmo. Hunter ainda me disse mais tarde que não poderia me liberar, pois daria a impressão que as pessoas estavam pulando de um navio afundando.”

Ele também comenta que Vince não poderia lhe dar sua liberação por “questões de negócios”.

O último momento de Luke Harper na TV com a empresa, foi durante um ângulo no SmackDown envolvendo Daniel Bryan, Roman Reigns e Erick Rowan. Ele diz que Daniel ligou para ele, perguntando se queria fazer parte do enredo. Brodie concordou e ele trabalhou mais dois meses com a companhia, após, ele e Rowan foram separados no Draft sem aviso antecipado.

Lee tinha mais oito meses de contrato e ele apenas queria lutar. Nessa época, ele recebeu novas ofertas de contrato até o dia que foi liberado.

“Nós ainda estávamos discutindo sobre um contato no dia em que me ligaram para me liberar. Eu acho que eles já sabiam que eu já havia partido e iria para a AEW assim que pudesse. Era dinheiro que, honestamente, eu nunca consegui imaginar ganhar na luta livre. E era literalmente para ficar em casa.”

Você pode escutar ao episódio completo com Brodie Lee, clicando aqui.

Você pode conferir como foi a estreia de Lee na AEW, clicando aqui.

Por Conrado Bellangero

Pro-Wrestling é minha paixão desde 2008 e até hoje não tem algo que faça meu coração pulsar mais forte <3.
Twitter: @Conradobell94

Um comentário

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *