em , , ,

Card: WWE Crown Jewel 2021

Nesta quinta-feira, 21 de outubro, WWE apresentará um novo show desde a cidade de Riade na Arábia Saudita. É o sexto super-evento feito pela empresa desde esse país, e como é costume, tem uma card cheia de estrelas. O show acontecerá num horário especial, 13 horas (horário de Brasília), e será transmitido ao vivo pela WWE Network.

As lutas marcadas para o show são as seguintes:

Kick-Off
The Usos vs. The Hurt Business

Um combate entre SmackDown e RAW acontecerá durante a antevisão do show. Ambas equipes viajaram para ajudar seus amigos no evento principal (Roman Regins no caso dos Usos; Bobby Lashley no caso do Hurt Business). Então, a direção da empresa aproveitou para fazer uma luta entre estes times.

Mansoor vs Mustafa Ali

Mansoor vs. Mustafa Ali

Durante os últimos meses, o ex-líder de Retribution enxergou o potencial que tem Mansoor, e acredito que poderiam trabalhar juntos. Mas nunca gostou de sua atitude, sempre tentando de empolgar os fãs e de ter diversão no ringue. Mesmo assim, os dois tentaram trabalhar juntos como time, mas com pouco sucesso na divisão de duplas. Farto das derrotas constante, Ali finalmente terminou com a equipe, e desafiou seu ex-parceiro a uma luta no Crown Jewel.

Mustafa é um lutador realmente habilidoso, mas Mansoor terá a plateia do seu lado. Não apenas porque não acredita na filosofia amarga do seu ex-amigo, também porque é um herói local. Ele nasceu em Riade, cidade donde será organizado este evento, e foi escolhido pela WWE num “Tryout” no seu primeiro evento da na Arábia Saudita há 3 anos. Cada vez que retorna ao seu país, ele dá o 110% para os fãs do Médio Oriente.

RK-Bro vs. AJ Styles & Omos

RAW Tag Team Championship
RK-Bro (c) vs. AJ Styles & Omos

A aliança entre Randy Orton e Riddle é uma das histórias mais interessantes do RAW no ano. Mesmo se o “Bro” tem uma personalidade muito esquisita e até irritante, ele convenceu ao “Assassino de lendas” de formar uma dupla. Rapidamente, eles encontraram sucesso juntos. E no SummerSlam, derrotaram o AJ Styles e o Omos para virar campeões de duplas da marca vermelha.

O “fenomenal” Styles e seu gigante segurança não ficaram calados, e exigiram sua revanche pelos campeonatos para Crown Jewel. AJ é perigoso sozinho, mas o Omos, que mede mais de 2 metros e 20 de altura, é implacável. Poderão os caras de RK-Bro derrotar esse titã?

Goldberg vs. Bobby Lashley

Bobby Lashley vs. Goldberg

Há alguns meses, Lashley era o Campeão da WWE. E teve que defender seu título frente a uma das estrelas mais importantes do Pro Wrestling dos anos 90s: Bill Goldberg. Com a ajuda do seu mánager, MVP, Bobby quebrou o joelho da lenda de WCW para manter seu título. Mas cometeu um baita erro. Após a luta, atacou Gage, filho do Goldberg. Quem como todo bom pai, juro se vingar.

Passou o tempo, Lashley não é mais campeão, mas a fúria do Goldberg continua intacta. O desafio foi feito para Crown Jewel, evento no qual os dois terão sua revanche. Mesmo se o Lashley não terá o MVP no seu canto do ringue, os caras do Hurt Business ficaram perto dele para ajudá-lo. Não obstante, Goldberg é um dos lutadores mais perigosos da história. E nesta ocasião, ele não brigará por nenhum título. Vai lutar por uma coisa mais importante: a honra da sua família.

King of the Ring

Final do torneio “King of the Ring”
Finn Bálor vs. Xavier Woods

Um dos torneios mais prestigiosos da história da WWE voltou. Desde sua concepção nos anos 80s, o King of the Ring serviu como uma oportunidade para levar lutadores a um novo nível. É verdade que o sucesso não sempre está garantido no futuro do vencedor. Porém, é um reconhecimento que foi importante na carreira de algumas das mais grandes lendas da história da WWE, como Bret Hart, Stone Cold Steve Austin, Triple H, etc.

Finn Bálor chegou à final do torneio depois de vencer o Cesaro nas quartas, e o Sami Zayn na semifinal de SmackDown. O irlandês teve seu orgulho danado no evento Extreme Rules. Nessa oportunidade, parecia que ele ia derrotar Roman Reigns e virar Campeão Universal. Mas inexplicavelmente, a terceira corda quebrou quando ele ia dar o “Coup de Grâce”. Reigns aproveitou sua queda para ficar com o título. Este torneio é a oportunidade perfeita para que Bálor recupere a sua honra.

Como representante de RAW, temos Xavier Woods. Muitos acreditam que ele é o membros mais fraco do New Day, devido a que ele não tem tantos logros como Big E ou Kofi Kingston. Mas durante os últimos meses, ele melhorou muito sua qualidade no ringue. Aliás, Woods é o lutador que estava mais empolgado pelo retorno do KOTR. Seu sono desde menino era virar rei da WWE. E na Arábia Saudita, ele terá a oportunidade de consegui-lo.

Queen's Crown

Final do torneio “Queen’s Crown”
Doudrop vs. Zelina Vega

Com o retorno do King of the Ring, também foi criado um novo torneio para a divisão feminina. O “Queen’s Crown” juntou 8 lutadoras para definir quem viraria a primeira Rainha do Ringue. Infelizmente, WWE não tratou esta competência com a importância necessária. O campeonato teve lutas extremamente curtas, deixando com nula visibilidade às concorrentes.

Aliás, muitos poderiam dizer que deu zebra no torneio. No lado de SmackDown, muitos não acreditavam que Zelina Vega chegaria longe. Ela vinha de uma racha de derrotas constantes; e em geral, ela sempre brilhou mais como mánager que como lutadora. Porém, ela derrotou inesperadamente a Tony Storm na primeira fase; e logo bateu Carmella para chegar até a final.

Um caso parecido aconteceu com Doudrop. A ex-ajudante de Eva Marie obteve sem problemas uma vitória frente a Natalya. Mas na semifinal de RAW, ela tinha que se enfrentar com Shayna Baszler; quem durante semanas atemorizou e quebrou os braços de várias lutadoras da marca vermelha. Contudo, a escocesa conseguiu a vitória. Poderá manter sua racha de vitórias na Arábia Saudita?

Edge vs. Seth Rollins

Hell in a Cell Match
Edge vs. Seth Rollins

A rivalidade entre estes dois grandes lutadores leva já vários meses de brigas e xingamentos. Em seu primeiro encontro, no SummerSlam, Edge tomou conta da vitória num baita combate que roubou o show. Na sua revanche, no SmackDown, Rollins se vingou e deixou o “Rated R Superstar” em uma maca.

Para seu terceiro e último combate, é preciso levar a eles até o limite para definir de uma vez quem é o melhor. Por isso, na Arábia Saudita, eles brigaram dentro da intimidante Cela do Inferno. Eles prometeram que darão o máximo deles para obter a vitória, mais apenas um vai sair da estrutura metálica como o ganhador.

Big E vs. Drew McIntyre

WWE Championship
Big E (c) vs. Drew McIntyre

Quando Big E finalmente se separou, por causa do destino, dos seus amigos do New Day, ficou claro que ele chegaria longe sozinho. Isto foi comprovado quando ganhou a mala de Money in the Bank. A qual utilizou para derrotar o Bobby Lashley, e virar Campeão da WWE. Mas ele ainda deve provar que realmente é merecedor do cinturão. Para isso, terá na sua frente a um dos ex-campeões mais ganhadores dos últimos anos: Drew McIntyre.

O escocês tentou recuperar o Campeonato da WWE durante a primeira metade do ano, o qual perdeu devido às trapaças do Miz e do Bobby Lashley. Porém, após sua derrota no Hell In a Cell, ficou definido que ele não poderia desafiar por esse título durante o resto do reinado do chefe do Hurt Business. Afortunadamente para ele, Lashley já não é campeão. Por isso, ele rapidamente desafiou o Big E a uma luta no Crown Jewel.

SmackDown Women Championship

SmackDown Women’s Championship
Becky Lynch (c) vs. Bianca Belair vs. Sasha Banks

No SummerSlam, estava marcada uma luta entre Sasha Banks e a então campeã de SmackDown, Bianca Belair. Mas a “chefa” não compareceu no evento. Como substituição, tivemos o retorno de Becky Lynch. Quem derrotou Belair numa luta extremamente curta, humilhando completamente à “-EST”

Quando Belair recebeu sua revanche no Extreme Rules, parecia que tinha o cinturão feminino ganho de novo. Não obstante, depois de mais de um mês de ausência, Banks finalmente compareceu para atacar às duas. Na Arábia Saudita, as três terão uma Triple Ameaça pelo Campeonato Feminino de SmackDown. Quem voltará do Médio Oriente como campeã?

Universal Championship
Roman Reigns (c) (c/ Paul Heyman) vs. Brock Lesnar

No 2020, após WrestleMania 36, Brock Lesnar sumiu da WWE. Durante sua ausência, seu conselheiro, Paul Heyman, formou uma nova aliança. Ele se juntou com um antigo rival da “Fera”: Roman Reigns. Desde então, o “Chefe Tribal” tem um dos reinhados mais dominantes da história da WWE. Com mais de um ano como campeão, ele derrotou concorrente trás concorrente. Mas no SummerSlam, Lesnar finalmente retornou. Com um novo “look”, diga-se de passagem.

Lesnar recebeu, como é costume, várias vantagens sobre o resto do elenco. Mas usualmente, esse melhor trato por parte da gerência era graças à intervenção do Heyman. Então, Lesnar revelou que Paul ainda está trabalhando para ele. O que deixou o Reigns desconfiado do seu conselheiro.

Mesmo se Heyman negou várias vézes que tivesse uma aliança com Brock, a luta pelo Campeonato Universal foi feita oficial para Crown Jewel. Reigns vai se enfrentar com Lesnar de novo, mas agora como o vilão. Continuará o reinhado da “cabeça da mesa” na Arábia Saudita?


Fique ligado a Wrestlemaníacos para saber mais novidades sobre o evento. E lembre-se que teremos uma cobertura Minuto a Minuto em nossa conta de Twitter.

Por César Mendoza

Un peruano con suerte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…