em ,

Card: WWE Hell In A Cell 2022

Neste domingo (05 de Junho) acontece o Hell in a Cell 2022, evento da WWE que traz a temática das lutas dentro das jaulas fechadas até na parte de cima em sua rivalidade principal. O evento acontece na Allstate Arena em Chicago, Illiois e tem transmissão através do WWE Network aqui para o Brasil.

O campeão mundial unificado da WWE Roman Reigns não estará presente no evento, e até o momento apenas lutas envolvendo o show do Raw foram anunciados. O card deve passar por alterações a medida que lutas do Smackdown possam ser adicionadas ao evento.

Confira o card completo abaixo.

WWE Hell In A Cell 2022


Liv Morgan, AJ Styles & Finn Bálor vs. The Judgement Day

AJ Styles e Edge estão em rivalidade desde a Road to WrestleMania 38, e conseguiram manter essa história interessante desde então. Damian Priest ajudou o The Ultimate Opportunist a vencer na Wrestlemania e Rhea Ripley fez o mesmo no WrestleMania Backlash, formando oficialmente a facção The Judgment Day.

Styles, Finn Balor e Liv Morgan, que formaram uma aliança própria no Raw, tentaram equilibrar as chances contra os heels, mas tem perdido sempre. A única exceção foi esta semana no Raw, quando Morgan conseguiu uma grande vitória sobre Ripley, e o Judgment Day ficou para trás.

A entrada de um quarto membro ao Judgement Day tem sido ventilada entre os fãs. Esse nome misterioso pode entrar em jogo em algum momento, mas o Judgement Day vencendo (relativamente) limpo seria importante nesse começo de facção.

Ezekiel vs. Kevin Owens

Kevin Owens se recusou a acreditar que Elias e Ezekiel são duas pessoas separadas, e a storyline é basicamente essa. O que melhora as coisas é o fato de KO ser um dos melhores da industria nesse momento e sua raiva beirando à loucura nessa rivalidade é fantástica. Uma vitória de Owens sobre o “irmão mais novo” do músico ajudaria muito em seu caso. Ezekiel, por outro lado, está procurando conquistar a maior vitória de sua carreira no Raw até hoje.

Handicap: Bobby Lashley vs. Omos & MVP

Bobby Lashley havia vencido Omos na WrestleMania, apenas para MVP se virar contra ele na semana seguinte e lhe custar a vitória contra Omos no WrestleMania Backlash.

No papel, Lashley estaria na pior por ser uma luta de 2 contra 1, mas essa foi a estipulação mais inteligente que a WWE poderia ter escolhido. Isso não apenas mantém Omos limitado no ringue, mas também permite que o ex-campeão da WWE dê ao MVP sua punição ao piná-lo ou finalizá-lo pela vitória.

No Holds Barred: Madcap Moss vs. Happy Corbin

Única luta do Smackdown no card do Hell in a Cell, Madcap Moss retornou indo atrás de Happy Corbin, que botou no ex-assistente dele a culpa pela derrota na Wrestlemania. Agora prometendo acabar com as piadas e se tornar um lutador sério, Madcap Moss retornou acertando Corbin com uma cadeirada nas costas, e por isso eles vão resolver suas questões em uma No Holds Barred.

Campeonato dos Estados Unidos: Theory (c) vs. Mustafa Ali

Mustafa Ali está em busca do Campeonato dos Estados Unidos desde que retornou ao Raw no mês passado, após um hiato de seis meses. A única pessoa que está em seu caminho para se tornar campeão, no entanto, é Theory.

Não é nenhum segredo que Theory tem sido valorizado pela empresa desde sua chegada às noites de segunda-feira no draft da WWE do ano passado. Ele teve uma ascensão lenta e constante, e sua vitória pelo título em 18 de abril veio na hora certa.

Mustafa Ali, por outro lado, disse que queria sair da WWE. Se ele ainda está de olho na saída não sabemos, mas seria impressionante se ele conquistasse o título nessa Hell in a Cell.

Campeonato Feminino de Raw: Bianca Belair (c) vs. Asuka vs. Becky Lynch

O que se diz é que Bianca Belair defenderia o Campeonato Feminino do Raw contra Naomi no Hell in a Cell. Entretando, Naomi e Sasha Banks protestaram contra a decisão do booking da empresa e foram suspensas pela WWE, que escolheu como substitutas Asuka e Becky Lynch.

Becky Lynch e Asuka já estavam em rivalidade há cerca de um mês, mas seu envolvimento na disputado do título feminino do Raw surgiu do nada.

Faz menos de dois meses desde que Belair se tornou campeã feminina do Raw. Nesse tempo, ela teve uma defesa de título na televisão, o que significa que ela precisa de muito mais desenvolvimento antes que a WWE considere colocar o cinturão em qualquer outra pessoa.

Hell in a Cell: Cody Rhodes vs. Seth Rollins

Não havia garantias quando Cody Rhodes retornou à WWE na WrestleMania 38 que ele seria uma estrela. No entanto, ele já conquistou completamente o público.

As duas últimas lutas entre o American Nightmare e Seth Rollins foram fantásticas, e uma terceira dentro do Hell in a Cell não deve ser diferente. A falta de várias lutas dentro da estrutura pode surpreender algumas pessoas, mas nenhuma rivalidade merece a estipulação mais do que qualquer outra coisa.

Rollins fez uma promo sensacional no Raw de segunda-feira, e a réplica de Rhodes também foi linda. A briga para separarem os dois foi o ângulo perfeito para o combate e a expectativa entre os fãs está muito alta.

Seguiremos atualizando o card com o anuncio de novos combates, acompanhe o nosso site e as nossas redes sociais para mais novidades.

Por César Mendoza

Un peruano con suerte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…