em , , ,

Card: WWE WrestleMania Backlash 2022

Neste domingo, 8 de março, WWE apresentará a segunda edição do WrestleMania Backlash. Sim, Backlash era um evento habitual no calendário da WWE. Mas no ano passado, a empresa decidiu fazer um “rebranding” controverso, e adicionar o nome “WrestleMania” ao evento para causar mais interesse no público.

Você talvez tem lembranças do Backlash como um dos PPVs de segunda categoria da WWE mas tradicionais. Desde 1999, comumente era o show que acontecia logo da WrestleMania de cada ano. Esse é o motivo do seu nome, já que a palavra “Backlash” no inglês significa uma reação negativa frente a alguma coisa. Ou em outras palavras, um contragolpe.

Esse nome indicava indiretamente que o show teria várias revanches da WrestleMania na sua card. E o show deste ano não é a exceção. Com quatro das seis lutas oficialmente marcadas até hoje sendo reprises do que aconteceu no show de Wrestling mais importante do ano.

O evento será transmitido às 21 horas, horário de Brasília, ao vivo desde o Dunkin’ Donuts Center no estado de Rhode Island nos EUA. Você pode assistir o show desde a WWE Network no Brasil. Aliás, uma hora antes, WWE apresentará seu tradicional Kick-Off, o qual estará disponível em todas as contas de mídias sociais da empresa.


As lutas marcadas são:

Happy Corbin vs. Madcap Moss

Logo da sua derrota na WrestleMania 38 contra Drew McIntyre, Corbin traiu o Moss, seu antigo aliado. Marcando assim o fim da dupla que fez infeliz a humanidade por um longo tempo. Madcap, que tem construído uma boa sequência de vitórias logo de ganhar a Batalha Campal Tributo a Andre The Giant, quer uma vitória no Backlash para demonstrar que pode ter um bom futuro sem seu antigo chefe.

Bobby Lashley vs. Omos (c/ MVP)

MVP ficou bravo com Lashley por não convida-lo a sua luta contra Omos na WrestleMania. Mesmo se seu antigo cliente ganhou aquele combate, Vontavious Porter traiu o “todo-poderoso” para virar o manager do gigante nigeriano. Agora que Omos tem o MVP do seu lado, obterá a vitória no Backlash?

AJ Styles vs. Edge

Com a ajuda do Damian Priest, Edge obteve a vitória na WrestleMania frente a AJ Styles. Esse foi o início de uma nova facção, Judgement Day. Não obstante, para garantir um combate justo, Priest tem proibido comparecer durante esta revanche. AJ Styles fará tudo para finalmente tomar conta da vitória, e se vingar da sua derrota há quase um mês.

Cody Rhodes vs. Seth Rollins

A estreia de Cody na WrestleMania foi um momento magnífico, e sua primeira luta de volta na WWE, contra Seth Rollins, foi também excelente. Mas Rollins exigiu uma revanche, porque nessa oportunidade, ele não sabia que Rhodes seria seu rival, e não sabia como se preparar para o combate. No Backlash, Seth tem mais uma oportunidade para demonstrar que é melhor que o ex-AEW.

Campeonato Feminino de SmackDown
Luta de “I Quit”
Charlotte Flair (c) vs. Ronda Rousey

Charlotte reteve seu título na WrestleMania com trapaça, e Rousey não ia ficar calada frente a essa injustiça. Ela exigiu uma luta na qual não ficara nenhuma dúvida que era melhor que Flair. Para isso, as duas aceitaram fazer uma luta de “I Quit”. A única forma de ganhar no Backlash será fazendo que a outra concorrente fale as palavras “I Quit” (Eu desisto) no microfone. Quem ficará como Campeã Feminina no evento?

Luta de trios
RK-Bro e Drew McIntyre vs. The Bloodline

Logo de ficar com todo o ouro mundial, Roman Reigns quer que seus primos, os Usos, também tomem conta de todos os títulos de duplas da WWE. Por tanto, ia ser marcada uma luta de unificação entre as duplas campeãs de ambas marcas: Os Usos (Campeões de SD) contra RK-Bro (Campeões de Raw). Mas Reigns mudou de opinião, farto da atitude do Orton e Riddle. Ele quebrou o contrato da luta, cancelando a unificação.

McIntyre chegou para defender os campeões da marca vermelha, e uma luta de trios foi feita oficial em lugar do combate de duplas. Uma vitória no Backlash seria um passo forte na sua estrada até o Campeonato Indiscutível, contudo, o Bloodline fará tudo para evitar a derrota.


Fique ligado com WrestleManíacos para mais informações sobre o mundo do Telecatch.

Por César Mendoza

Un peruano con suerte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…