CM Punk assina com a AEW
em ,

CM Punk deveria retornar?

A grande pergunta do dia para os fãs de Wrestling é: CM Punk estará hoje ou não no AEW Rampage? Muitos afirmam que sim, sem pestanejar. O termo “CM Punk” na Wikipédia já o coloca como funcionário da AEW. Até mesmo a detentora dos direitos de transmissão dos eventos da AEW diz estar se preparando para a chegada de CM Punk. Mas, mesmo que tudo isso esteja acontecendo, muitas pessoas ainda não acreditam em um retorno do homem que, por muitos, foi considerado o melhor do mundo (eu me incluo nessa). Não por realmente não acreditar neste retorno, mas por não desejar esse retorno… Me chamem de louco, mas sou o homem que não deseja o retorno de CM Punk e, após lerem este artigo, talvez entendam meu ponto de vista.

Desde sua época nas indies, Punk já mostrou o quão diferente era, pois desde seu início no wrestling, mostrou que teria um futuro brilhante. Muitos acreditaram nele e começaram a dar bola para aquele jovem de Chicago que fazia magia dentro do ringue.Sua primeira empresa foi a LWF (Lunatic Wrestling Federation), em 1990, e, rapidamente, chegou a grandes empresas, como IWA, ROH e TNA. Nestes lugares, conquistou títulos e fez história com suas promos excelentes e uma performance ainda melhor em ringue. Ele foi ganhando espaço no cenário mundial do wrestling, até que, em 2005, um senhor chamado Vince McMahon começou a ver qualidades naquele jovem e não queria perder um talento desses. Nesse mesmo ano de 2005, CM Punk chega a OVW, que, na época, era o território de desenvolvimento da WWE. Rapidamente se destacou, não somente por suas competências com o microfone e dentro do ringue, mas também por sua capacidade absurda de se recuperar de lesões de forma rápida. Ele demonstrou para o que veio logo em sua estreia televisiva, em um combate contra Danny Inferno. Nesta noite, ele sofreu uma ruptura no tímpano e quebrou o seu nariz durante o combate, disfarçando a lesão, terminando o combate e se recuperando de forma impressionantemente rápida. Após seu retorno, ele começou a ter destaque e acabou trilhando um caminho cheio de glórias dentro da OVW.

Graças a está linda trajetória dentro da OVW, Punk chega a ECW, que, na época, fazia parte da grade de shows da WWE. Em seu debut televisivo ele revelou seu modo “straight edge” de viver, enfatizando os aspectos disciplinares de viver uma vida sem drogas e álcool. Mas o maior destaque foi por ele ter se mantido imbatível por algum tempo e batendo nomes de peso como, C.W. Anderson, Stevie Richards e Shannon Moore. CM Punk, então, emplacou sua primeira grande rivalidade dentro do território da WWE, contra Mike Knox. Ele vence e, então, vai para o “Survivor Series” completar um time estrelado, que contava com os Hardy Boys e o D-Generation X. Seu time venceu o combate de forma extremamente dominante frente o time formado pelo Rated-RKO, Mike Knox, John Morrison (na época Johnny Nitro) e Gregory Helms.

CM Punk, então, partiu para sua primeira chance pelo ECW Championship, em uma luta na Elimination Chamber, no “December to Dismember”. Infelizmente, Punk foi o primeiro a ser eliminado. Após esta eliminação, Punk entrou em rivalidade com Hardcore Holly. Nesta rivalidade, ele perdeu sua invencibilidade de 6 meses, mas não se deixou abalar, se classificando para a luta “Money in the Bank” e, na rota para a “Wrestlemania”, bateu Kenny Dykstra e King Booker. Chegou a Wrestlemania e, infelizmente, não ganhou o MITB naquela oportunidade;

Um tempo depois, o então ECW Champion Bobby Lashley foi transferido para o RAW, deixando seu título vago. Punk lutou por este título contra Johnny Nitro no “Vengance: Night of Champions” e, novamente, saiu derrotado. Punk veio a vencer este título somente em 1º de setembro de 2007, em uma “Last Chance Match”, derrotando Morrison e tendo um reinado glorioso, defendendo seu título com sucesso contra Elijah Burke, no “Unforgiven”, Big Daddy V, no “No Mercy” e The Miz no “Cyber Sunday”. Em 6 de novembro, reteve seu título em um combate contra Morrison, por conta de uma interferência de The Miz. No “Survivor Series”, Punk reteve seu título em uma triple threat match, derrotando The Miz e John Morrison. Até que, em 22 de janeiro de 2018, Chavo Guerrero derrotou CM Punk em uma luta sem desqualificações e se tornou o novo ECW Champion após Edge, (que estava como comentarista) entrar no ringue e aplicar um Spear em Punk. Após estes acontecimentos, Punk chegou de fato a WWE e seus shows principais, vencendo o Money in the Bank desse mesmo ano de 2008, e o resto é história.

E, agora, após resumir a trajetória de CM Punk, posso dizer o motivo de eu não desejar o seu retorno.

Em 2014, CM Punk se afastou do wrestling, após muitas confusões na WWE. Ele, então, estreou no UFC em 2016, perdendo o combate, e, em 2008, perdeu o seu segundo e último combate (posteriormente o combate foi anulado, pois Mike Jackson testou positivo no teste de drogas), fazendo, assim, uma passagem vexatória na empresa de Dana White. Desde sua saída da WWE, Punk é questionado sobre um possível retorno, e todas as vezes, disse que seu fogo pelo wrestling acabou. Mesmo assim, ano após ano, ele se reaproxima dos ringues, chegando até mesmo a fazer uma aparição mascarado, em 2019, na MKE Wrestling, aplicando o GTS, onde se tornou visível que ele não era mais o mesmo.

CM Punk pode chegar com status de retorno mais esperado da década, mas seria um declínio enorme na carreira desta lenda dos ringues se ele voltasse sem ritmo e com a forma física não estando das melhores. Declaradamente, ele está dando prioridade em seus projetos cinematográficos e está feliz com isso, sua esposa AJ Lee está se dedicando a sua carreira de escritora e ele demonstra total apoio a ela. CM Punk está feliz longe dos ringues,e talvez ele volte para uma promoção de seus novos projetos. Ou talvez ele volte para manchar sua carreira com péssimas atuações Ou, ainda, talvez ele retorne hoje e mostre que estou completamente enganado. Ou, ainda então, talvez ele sequer apareça no show – somente o tempo nos dirá.

Para confirmarem o que acontecerá, não percam o AEW Rampage que será realizado hoje, (20/08/2021), e terá transmissão ao vivo na FiteTV, pelo valor de U$ 2,99. A cobertura completa do show, também ao vivo, será por nós do Wrestlemaniacos, no nosso Twitter (@wrestlemaniacos). Espero vocês lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…