em ,

Cobertura: AEW Revolution 2021

O primeiro PPV da All Elite Wrestling do ano

Bem-vindos à cobertura do Revolution, um Pay-Per-View da All Elite Wrestling com uma luta principal hardcore, os anúncios de novas contratações da empresa, e a primeira aparição num PPV do lutador brasileiro Cezar Bononi. Mas também teve um final muito fraco, infelizmente.

Antes do show, teve “The Buy In”: o Pre-show dos grandes eventos da AEW.

Buy In: Thunder Rosa & Riho VS Dr. Britt Baker D.M.D. & Maki Itoh (w/ Reba)

Originalmente, estava planejado que Baker faça equipe com sua assistente Reba. Mas segundo a Dr. Britt, ela teve uma lesão. Ainda Reba compareceu com muletas. Por conseguinte, sua substituta foi Maki Itoh, quem fez sua estreia nos EUA para a empresa.

A idol japonesa cehgou até o ringue cantando e dançando. Ela quase derrotou Riho com um Single Leg Boston Crab, mas a ex-campeã alcançou as cordas. Rosa tentou sua Fire Thunder Driver em Baker, contudo, a doutora evitou o movimento. E enquanto distraiou o juiz, Reba bateu Rosa na cabeça com sua muleta. Vitória para Baker e Itoh.

Agora sim, é a hora do show. O evento de hoje foi feito in memorian do lendário promotor de luta livre Jim Crocket Jr.

1 – AEW Tag Team Championship Match: The Young Bucks (c) vs. The Inner Circle (Chris Jericho & MJF) (w/ Wardlow)

Image

Os movimentos acrobáticos dos Bucks parecem que eram suficente para conter o estilo sujo dos dois chefes do Inner Circle. Apesar disso, Jericho usou suas Walls of Jericho, e MJF utilizou uma Heat Seeker para debilitar aos campeões. Inner Circle tomou conta do controle da luta até que Jericho bateu Wardlow acidentalmente com Judas Effect. Após uma Superkick Party em seus rivais, os Bucks retiveram com um Meltzer Driver em Jericho.

Image

2 – Tag Team Casino Battle Royale

Os ganhadores receberam uma oportunidade pelo AEW World Tag Team Champiosionhip. Uma nova equipe foi adicionada à luta após 90 segundos. Os dois primeiros times concorrentes foram The Natural Nightmares (Dustin Rhodes & QT Marshall) e 5 & 10 (Membros do Dark Order). Os seguintes foram Pride and Powerful (Santana & Ortiz). 5 foi eliminado por QT Marshall, mas seu companheiro 10 segue em pé.

A quarta dupla foi os irmãos Matt & Mike Sydal. Evil Uno & Stu Grayson (Membros do Dark Order) foram os quintos. Enquanto Mike Sydal foi eliminado, todos os membros presentes do Dark Order trabalhavam em equipe. Gunn Club (Austin & Colten Gunn) chegaram sextos, e Matt Sydal foi eliminado. Os Sydals foram os primeiros eliminados.

O brasileiro Cezar Bononi e seu parceiro Peter Avalon, conhecidos sob o nome de The Pretty Picture, compareceram. Seguidos de Varsity Blondes (Brian Pillman Jr. & Griff Garrison). The Gunn Club eliminou Avalon, e também tentaram eliminar Bononi. Mas o brasileiro resisitiou o ataque de dois contra um. Bononi segurou as cordas enquanto Gunn Club o empurrava, e QT Marshall aproveitou para eliminar os dos irmãos Gunn. Bononi segueu com vida na luta.

Dustin Rhodes ficou bravo pela decisão do QT, pois os Gunn tem amizade com a família Rhodes. Então, Marshall cuspiou Rhodes e figiou da luta sozinho. Parece que é o fim da Nightmare Family. Jurassic Express (Luchasaurus & Jungle Boy) compareceram.

Cezar Bononi demostrou seu poder na luta dominando Jungle Boy. Porém, ficou distraído por ele, e Luchasaurus eliminou o São Paulino. Foi uma boa participação do brasileiro na luta, quem com sua grande altura, brilhou em momentos claves. Pouco depois, o “dinosáurio” também eliminou Griff Garrison.

O resto do Battle Royale foi cheio de ação

O combate ficou caótico pela intervenção nele de pessoas que não eram concorrentes, como The Bunny, quem chegou com Butcher and Blade; Marko Stunt, quem chegou com Jurassic Express; e Jack Evans, quem chegou sozinho sem equipe.

Bear Country (Boulder & Bronson) chegou para eliminar Luchasaurus, mas The Blade eliminou aos dois. Isso começou uma briga fora do ringue. Private Party (Isiah Kassidy & Marq Quen), mas não fizeram muito na luta. Após uma onda de eliminações, os últimos quatro times no ringue foram Alex Reynolds & John Silver (Membros do Dark Order); SoCal Uncensored (Frankie Kazarian & Christopher Daniels); Death Triangle (PAC & Rey Fénix) e Jungle Boy, representando Jurassic Express, quem ficou sozinho.

SCU foram os primeiros eliminados do “Final Four”, Alex Reynolds foi o seguinte. Portanto, Silver e Jungle Boy tiveram que trabalhar juntos por um momento. Até que Death Triangle eliminou Silver. PAC foi surpreendido pela habilidade de Jungle Boy, por isso, Rey Fénix teve a tarefa de defender a sua equipe.

Um movimento arriscado do Fénix, com um Tope Suicida até fora do ringue. Afortunadamente, ele voô por baixo da terceira corda. Jungle Boy quase elimina o mexicano, mas ele foi superior. Death Triangle ganhou a Battle Royal e lutaram pelos títulos de duplas no futuro.

Paul Wight foi entrevistado nos bastidores. Ele foi perguntado pela grande contratação da AEW, a qual será revelada daqui a pouco. Ele deu uma dica: é um grande trabalhador, e ninguém pode trabalhar mais que ele.

3 – AEW Women’s Championship Match: Hikaru Shida (c) vs. Ryo Mizunami

Como é frequentemente no estilo do Joshi Wrestling, foi uma luta cheia de antebraços, golpes de joelho e pontapés duríssimos. Mizunami tentou ganhar com sua Gilhotine Leg Drop desde a terceira corda, mas não deu certo. Shida utilizou vários Falcon Arrows e Tamashii Knees, contudo, Mizunami naõ desistiou. Ruo deu uma grande impressão nos fãs nesta luta. Shida teve que fazer algumas jogadas sujas para ganhar, como piquetes aos olhos da sua desafiante. Após um joelhão, Shida reteve.

Depois da luta, Nyla Rose compareceu com sua manager Vickie Guerrero, e junto com Britt Baker e Maki Itoh, atacaram Shida e Mizunami. Thunder Rosa as salvou de uma tunda mais grande.

É a hora da luta de duplas entre Miro & Sabian e Best Friends, não obstante, Cassidy e Taylor foram atacados nos bastidores. Miro pegou Chuck Taylo do pesgoço até o ringue, e lhe exigiu que desista. Taylor decidiu continuar com a luta, mesmo se Orange Cassidy ainda tava nocauteado nos bastidores, e se ele estava sangrando.

4 – Miro and Kip Sabian (w/ Penelope Ford) vs. Best Friends

Mesmo se o esforço dos melhores amigos foi admirável, tendo em conta as circumstâncias, simplesmente eles não estavam prontos para o combate. Cassidy chegou a comparecer, e ainda teve bons momentos. Porém, Miro é dominante demais. E após uma Game Over em Taylor, ele e Sabian ganharam. Algo a se considerar, sem embargo, é que Miro utilizou Penelope Ford para bater Cassidy num momento da luta. Pode ser o inicio do fim da sua parceria com Sabian.

Alex Marvez entrevistou The Inner Cricle. Lhes perguntou que achavam sobre o “fracasso” de hoje, o que enfureceu Jericho. Ele disse que The Inner Circle precisa de mudanças, e esta quarta no Dynamite, vai ter uma assembleia mais da equipe.

5 – Big Money Match: “Hangman” Adam Page vs. Matt Hardy

A luta era realmente por grana, pois o ganahador receberá todas as receitas do primeiro quadrimestre do ano do perdedor. Hardy teve Private Party a seu lado, e seu estilo nesta luta foi mais agressivo. Nada é mais importante que o dinheiro para “Big Money” Matt.

https://twitter.com/AEW/status/1368754543232745473?s=20

Hardy bloqueou o “Buckshot Lariat” para dar sua clássica combinação Side Effect – Twist of Fate. Mesmo assim, não foi suficente. Dark Order compareceu para bater Private Party e ajudar Hangman a ganhar o combate com sua Buckshot Lariat. Page se abraçou com o Dark Order e disfrutou uma cervejinha após da luta.

6 – “Face of the Revolution” Ladder Match: Cody Rhodes (w/ Arn Anderson) vs. Scorpio Sky vs. Penta El Zero Miedo vs. Lance Archer (w/ Jake Roberts) vs. Max Caster vs Ethan Page

O ganhador da luta recebeu uma oportunidade pelo TNT Championship que tem Darby Allin. A participação do Page foi uma surpresa, foi sua primeira aparição na AEW. Uma argola gigante foi pendurada ácima do ringue; esse era o objeto que os concorrentes tinham que pegar para obter a vitória.

Image

Como é comum nas lutas de escada, esta esteve cheia de movimento increiveis e perigosos. Cody ficou lesionado no ombro no meio da luta, mas voltou depois no combate. Ethan Page surprendeu com uma Razor Edge em Lance Archer. Jake Roberts fez uma clothesline em Page, mas recebeu uma Superkick de Penta. Scorpio Sky foi o ganhador. O membro de SCU venceu após empurrar Rhodes da cima da escada e pegar a argola. Sky chorou da emoção.

É a hora de revelar quem é a nova contratação de All Elite Wrestling.

A contratação é…CHRISTIAN CAGE. O “Instant Classic”. Mesmo se ele se apresentou há pouco na WWE para o Royal Rumble, parece que ele não tinha contrato com a empresa; Christian Cage voltou, com uma música muito parecida a sua canção na TNA.

Image

7 – Street Fight: Team Taz (Brian Cage & Ricky Starks) vs. Darby Allin & Sting

Taz foi parte da equipe de comentarista para esta luta. Foi uma luta ao estilo cinematográfico. A luta aconteceu desde um prédio abandonado. Brain Cage carregou Allin pelas escadas do prédio numa posição de suplex. Sting não preciso da sua bate durante toda a luta, também uso seus punhos.

O resto do Team Taz, Hook e Willie Hobbs, ajudaram a seus parceiros. Team Taz lançou o TNT Champion contra uma vidraça, e parecia que tinham a luta ganhada. Não entanto, Sting bateu seus inimigos com seu bate, e lançou Cage de uma escada até o chão. Uma caída de alguns andares. Sting derrotou Starks com uma Scorpion Death Drop num ringue improvissado no prédio. The Icon voltou, e Taz ficou muito irritado com o resultado.

8 – Exploding Barbed Wire Deathmatch pelo AEW World Championship: Kenny Omega (c) (with Don Callis) vs. Jon Moxley

Vale lembrar que, após 30 minutos do começo da luta, todas as minas que rodeavam o ringue iam explodir. Moxley chegou com um jáqueta tributo à lenda dos Deathmatches japoneses Atushi Onita.

A luta teve bons momentos, sim. Omega e Moxley brigraram com bates de beisebol com puas, mesas com arame farpado, e minas. Muita sangue na cabeça do Moxley, quem fez uma Paradigm Shift em uma mesa com minas.

E Moxley se salvou de perder em muitos momentos, mesmo se Omega aplicou um One-WInged Angel. Usou seu pé para fazer explodir uma das cordas do ringue.

Mas chegaram os Good Brothers para ajudar a seu parceiro Omega. Ainda Moxley se defendeu com um bate com arame farpado. Apesar disso, outro One-Winged Angel do Omega, agora sobre uma cadeira metálica, fechou o combate. Naõ foi uma má luta.

Mesmo assim, o que aconteceu após do combate estragou tudo. The Elite continuou sua tunda sobre Moxley. E o cronómetro continuou avançando, apenas um minuto para a explosão. Eddie Kingston compareceu para tentar salvar a seu amigo Moxley. O cronómetro chegou a seu fim, e… foi uma explosão extreamadamente leve. Uma piada para o “hype” que tinha a luta

Infelizmente, essa foi a última imagem do PPV. Os médicos ajudaram Moxley e Kingston, mas era clara a frustação em todos os envolvidos. Os lutadores, os comentaristas, os fãs, todos ficaram desapontados com o fim do evento.

Isso foi tudo nesta cobertura do AEW Revolution. De novo, não foi um mau evento, mas sim teve um final ruim. Até a próxima oportunidade. Tchau!

Confira mais coberturas do AEW clicando aqui

Por Bombástico Mendoza

Un peruano con suerte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…