em ,

Cobertura: WWE Wrestlemania Backlash 2022

Um mês depois da WrestleMania 38, a WWE realizou seu PPV seguinte, a WrestleMania Backlash, em Providence, Rhode Island, neste domingo (08/05).

Enquanto o show teve muito pouco hype no domingo, o pay-per-view apresentou várias lutas muito boas e uma mudança de título. Caso você queria conferir o card antes de ler nossa cobertura, clique aqui.

WWE Wrestlemania Backlash 2022

Cody Rhodes venceu Seth Rollins 

O WrestleMania Backlash abriu com uma revanche da WrestleMania 38, com Cody Rhodes e Seth Rollins se enfrentando mais uma vez. O American Nightmare aceitou o desafio de Rollins depois que o ex-Campeão Universal argumentou que não tinha tempo para se preparar para Rhodes no ‘Mania. 

A história nos minutos iniciais foi a preparação de Rollins para Rhodes, já que The Visionary dominou o início antes que Cody voltasse com um Sunset Flip e Superplex, que tornaram o restante da competição um caso equilibrado. 

Ambos repetidamente contra-atacaram as tentativas de Pedigree e Rollins mais tarde foi para seu combo Superplex-Falcon Arrow, mas Cody contra-atacou em CrossRhodes. Rollins estava muito perto da corda, alcançando-a com o pé para interromper a contagem. 

Foi então a vez de Rollins chegar perto da vitória quando ele se conectou com um Pedigree após um Moonsault perdido de Rhodes, mas The American Nightmare saiu na contagem de dois.

Rollins seguiu provocando Rhodes e aplicando chutes antes de acertar alguns socos no estilo do Dusty Rhodes. Rollins então foi para um Bionic Elbow apenas para Cody contra-atacar em um segundo CrossRhodes. 

O American Nightmare tentou um terceiro CrossRhodes, mas Rollins escapou repetidamente antes de encaixar um pinfall em Rhodes. Rhodes conseguiu sair do pinfall e contra-atacou em um roll-up para garantir a vitória. Rollins ficou irado após a luta, então não dá pra saber se esse foi o fim dessa storyline. 

Omos venceu Bobby Lashley

Uma luta de homens grandes foi a segunda luta no card, quando Bobby Lashley e Omos se enfrentaram em uma revanche da WrestleMania 38, com o ex-manager MVP de Lashley ao lado de Omos dessa vez. 

O MVP estava tentando ajudar Omos, distraindo repetidamente Lashley ao longo do combate e ensinando Omos como o gigante nigeriano poderia escapar do Hurt Lock. 

MVP então acertou Lashley com sua bengala depois que Omos jogou The All Mighty no poste do ringue pra depois aplicar o Double Choke Bomb para a vitória, empatando seu recorde com Lashley em 1-1.  

Edge vence AJ Styles

Após sua luta na WrestleMania 38, que Edge venceu com a ajuda de Damian Priest, o WWE Hall Of Famer e AJ Styles se enfrentaram na terceira revanche da noite no WrestleMania Backlash. 

Semelhante ao WrestleMania 38, Edge conquistou a vitória após interferência, desta vez da mais nova integrante do Judgment Day, já que Damian Priest foi banido do ringue. 

Depois de vários minutos de uma disputa equilibrada, Styles foi o primeiro lutador a chegar perto da vitória depois que Edge errou um Spear e correu direto para as cordas, mas o roll-up de AJ ficou apenas no dois. Edge também não ficou caído por muito tempo, já que ele disparou de volta com um Spear na segunda tentativa de pinfall. 

Edge então conseguiu sair de um Styles Clash e AJ tentou aplicar um golpe da top rope, mas foi atrapalhado por Damian Priest, que ficou na rampa de entrada. 

Priest foi rapidamente atacado por trás por Finn Balor e os dois homens acabaram brigando em volta do ringue enquanto o árbitro tentava controlar a situação. 

Isso deu a abertura para alguém encapuzado puxar AJ da corda superior e Edge conseguiu encaixar um Crossface e um Choke para forçar Styles a desmaiar. 

Enquanto Edge comemorava, a agressora encapuzada se revelou Rhea Ripley. Confirmando a ex-Campeã Feminina do Raw como mais nova integrante do Judgment Day. 

Ronda Rousey venceu Charlotte Flair em uma “I Quit” Match pelo Título Feminino do SmackDown

Em outra revanche da WrestleMania 38, Charlotte Flair defendeu o título feminino do SmackDown contra Ronda Rousey, desta vez em uma luta “I Quit”.

Ambas as mulheres fizeram uma luta melhor que na WrestleMania em uma luta que contou com uma batalha de kendo sticks, Rousey sendo presa em uma grade, Natural Selection em uma cadeira de aço, um Figure Eight e até um mensagem para The Fiend depois que o comentarista do SmackDown, Pat McAfee, viu uma criança com uma máscara do Fiend sentada na primeira fila. 

Flair cometeu um erro nos momentos finais da luta, quando ela disse a Rousey “Feliz Dia das Mães”, que apenas enfureceu Rousey, e ela aplicou um Armbar através de uma cadeira de aço em Flair. A campeã feminina do SmackDown inicialmente recusou, mas depois que Rousey forçou ainda mais o braço, Flair pronunciou as palavras “eu desisto”. 

Com isso, Ronda Rousey foi coroada a nova campeã feminina do SmackDown. 

Madcap Moss venceu Happy Corbin

Dois ex-amigos entraram em confronto na quinta luta no WrestleMania Backlash, quando Happy Corbin enfrentou Madcap Moss. 

Ambos os homens tiveram uma luta padrão da WWE e Corbin parecia ter a luta vencida depois que ele se conectou com Deep Six. Madcap conseguiu o kickout no dois, e seguiu com um Sunset Flip momentos depois para a vitória. 

A Bloodline vence RK-Bro & Drew McIntyre

No que foi inicialmente anunciado como uma luta de unificação do título de duplas entre The Usos e RK-Bro que a WWE supostamente nunca planejou seguir, Drew McIntyre se uniu a Riddle e Randy Orton contra The Bloodline no evento principal do WrestleMania Backlash.

Os babyfaces pareciam ter a luta vencida em vários pontos em um ótimo combate especialmente depois que Orton acertou Roman Reigns com um RKO do nada antes de acertar outro em Jimmy Uso, mas Jey conseguiu quebrar o pinfall em Jimmy. Então Riddle aplica um Floating Bro, mas o pinfall foi quebrado novamente no dois. 

A luta continuou com Reigns conectando com um Superman Punch em Orton do lado de fora, pulando por cima das escadas do ringue no processo, antes que o WWE Universal Champion voltasse sua atenção para Drew McIntyre e colocasse o escocês na mesa de locutores com um Rock Bottom. 

Isso deixou Riddle lutando sozinho e The Original Bro parecia ter a luta vencida depois que ele pegou Jey Uso com um RKO da corda superior. 

Roman Reigns era o homem legal do The Bloodline, no entanto, e ele apareceu do nada para acertar Riddle com um Spear para ganhar a luta. 

Como se tornou a norma para os pay-per-views da WWE, o WrestleMania Backlash saiu do ar com Roman Reigns em pé na rampa erguendo seus títulos e cercado por The Usos e Paul Heyman.

Via Cultaholic.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…