em ,

Jericho, Moxley e Danielson se tornam lideres nos vestiários da AEW

Um dos temas mais recorrentes no ano de 2022 foi a bagunça dentro dos vestiários da AEW, com brigas e questionamentos sobre booking acontecendo toda semana, mas parece que três dos mais experientes lutadores da empresa resolveram colocar a casa em ordem: Chris Jericho, Jon Moxley e Bryan Danielson.

Desde o começo do ano começaram a pipocar noticias de que nos bastidores da AEW estava se criando um clima terrível. O ápice de toda essa situação foi o que aconteceu após PPV All Out, com a briga entre o campeão na época CM Punk e os membros da The Elite (além de outros nomes), que acabaram suspensos da empresa. Na ausência dos vice-presidentes executivos suspensos (cargo ocupado por Kenny Omega, Matt e Nick Jackson), os ‘cargos’ de liderança do vestiário aparentemente foram preenchidos por três das principais estrelas da AEW: Segundo as conversas internas, ficou a cargo de Chris Jericho, Jon Moxley e Bryan Danielson restaurar a estabilidade do vestário da empresa após toda essa situação. Jon Moxley, Bryan Danielson e Chris Jericho.

Segundo o jornalista Wade Keller do PWTorch, algumas das manchetes sobre o ‘ambiente tóxico’ que estaria a All Elite Wrestling nesse momento seriam exageradas, muito graças ao trabalho feito por Jericho, Moxley e Danielson, que estariam ajudando a empresa a seguir no caminho certo.

“Uma coisa que estou ouvindo das pessoas que eu converso na AEW, seja lutadores ou outros funcionários, é que uma coisa boa que saiu dessa situação entre o CM Punk, Kenny e os Bucks é que o vazio de liderança ou as vagas de liderança foram preenchidas por Chris Jericho, Jon Moxley e Bryan Danielson. Nenhum dos três é um líder perfeito. Mas os três coletivamente estão estabilizando aquele vestiário. E não vou me alongar muito sobre as deficiências de cada um deles como líderes. Como eu disse, nenhum deles é o líder perfeito para este momento naquele vestiário. Mas todos os três são bons líderes. E coletivamente, eles podem ajudar a manter a empresa nos trilhos. O vestiário da AEW não está uma bagunça. E eu tenho relatado isso também nos últimos dois meses, mesmo antes da situação com o Punk. Me disseram que não é tão ruim quanto as noticias fazem parecer.

Você tem o que está acontecendo entre a turma da Britt Baker e a turma da Thunder Rosa. Você tem o Sammy Guevara sendo imaturo e um imã de controvérsias e decisões ruins. As pessoas gostam de Sammy, mas reclamam das escolhas que o Sammy faz. Você tem Andrade fazendo o que ele fez por algum motivo pessoal. Talvez ele quisesse fazer parte do Legado Del Fantasma (Stable agora no Smackdown) e estivesse tentando jogar essa carta. Talvez não. Talvez ele tenha ficado irritado com Sammy e precisasse fazer o que fez. Mas o que quer que tenha sido, foi outro incidente, e também a coisa entre Sammy e Eddie Kingston, é claro. E você teve toda a história do MJF. E então você teve a os problemas entre Punk, Kenny e os Bucks. As questões entre Thunder Rosa e Britt Baker ainda não estão resolvidas. Não sei como a situação de Sammy será abordada daqui para frente. Mas acho que houve duas infrações nível alto com Sammy que são como dois strikes. Então eu acho que ele vai ter que crescer e amadurecer um pouco. E eu acho que algum dos lideres vai orienta-lo nessa direção agora.”

Wade Keller no PWTorch

Siga acompanhando o Wrestlemaníacos em nossas redes sociais para mais informações sobre todas essas questões dentro do vestiário da AEW.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…