em , , ,

Na Teia do Aranha #112 – O Tempo Passa

Salve, povo!

Em mais um pensamento pra vocês, trago algo que é recorrente nesse espaço, mas é sempre bom relembrar, especialmente em tempos onde voltamos às fontes do passado.

Leia, reflita, comente e sugira próximos temas, como sempre.

Forte abraço e valeu!

O Tempo Passa

No dia anterior o qual me ative a escrever esse texto, estava em casa e me peguei assistindo a reprise do SmackDown, pelo Fox Sports Brasil. E foi uma acalentadora surpresa ver que o show estava fazendo a sua versão retrô, aludindo ao primeiro programa da marca, em 1999, com parte de uma campanha publicitária da Fox, que tornou seus programas nostálgicos durante este final de semana que ocorreu a edição do show da WWE. Pessoalmente, achei bem legal, pois me traz memórias bem bacanas de um passado, onde víamos programas de luta livre internacional como se fosse uma operação de guerrilha, sem falar nos jogos (alguém aí falou em “WWF No Mercy” ou “SmackDown Here It Comes The Pain”?)

É muito interessante ver como esse tipo de nostalgia traz sentimentos bacanas em nós. Porém, não estamos mais em 1999 (com uma versão minha adolescente e com cabelo), mas em 2021, em meio a uma pandemia que nos deixa com mais de 400.000 mortos, somente em nosso país, e todas as áreas da sociedade com grandes problemas de se manterem atrativas – incluindo a própria luta livre. A solução de muitos meios de mídia foi recorrer a programas antigos e, automaticamente, as comparações foram inevitáveis. Os famosos “no meu tempo, era muito melhor” gritaram nas telas das redes sociais e rodas de discussões. Não foi diferente em nosso nicho.

Todavia, a mesma lição que fica para todos os setores da sociedade, fica para o nosso. Por mais que seja muito legal assistir coisas antigas e ter sentimentos aconchegantes e confortantes, precisamos ter a consciência de que os tempos são outros, o negócio que envolve a luta livre, a ética, o profissionalismo e a forma como as pessoas lidam com a paixão que tem sobre esse esporte de entretenimento é outra. Não dá pra querer que a “Attitude Era”, o “Monday Night Wars” e outras eras da luta livre, dentro e fora do Brasil, voltem, como se nunca tivéssemos feito uma análise crítica das benesses e problemas que essas eras deixaram.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 5bca5f9f9e6b8c26-600x338.jpg

Sei que esse é um tema que, vez em quando, apresento por aqui, e que, para muitos, pode parecer bastante repetitivo. Porém, em pleno ano de 2021 em que vivemos, ainda vemos e lemos pessoas chorando pelo mundo afora, reclamando de como as promoções de luta livre mais antigas mudaram e que não poderiam mudar assim, pois, com isso, podem perder a sua essência, dentre outras falas. Aprendamos a lidar com as mudanças do tempo, que vem com naturalidade e aprenderemos a caminhar muito bem dentro desse multiverso mágico que a luta lvire nos proporciona.

Por Joao Aranha

Gosto de lutinha a um tempo. Escrevo sobre lutinha a um tempo. Comentei lutinha na TV por um tempo. Ídolo do Rato e do Izac Luna nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…