em ,

Resultados: NXT – 11/03/2020

– Keith Lee vence Cameron Grimes por pinfall para reter o NXT North American Championship após aplicar um “Ground Zero”.

Após o combate, Damien Priest apareceu e atacou Lee com um cassetete, sendo afugentado pela chegada de Dominik Dijakovic. “Dijak”, então, pegou o cinturão para entregar a Lee e tentou ajudá-lo a se levantar, mas o campeão acabou achando que Dominic havia sido o responsável e lhe aplica uma “Spirit Bomb”, indo embora logo depois.

– Mia Yim vence Dakota Kai (c/ Raquel Gonzalez) por pinfall após aplicar um “Codebreaker”. Com esse resultado, Yim se qualifica para a Ladder match que definirá a desafiante ao NXT Women’s Championship no Takeover: Tampa Bay. Gonzalez realizou várias interferências durante a luta, e ao final do combate acabou distraindo o árbitro durante uma tentativa de pin de Kai. Quando esta foi tentar chamar a atenção do oficial, Yim aproveitou e a finalizou.

Após o combate, Gonzalez atacou Yim pelas costas e ajudou Dakota a ir para o canto do ringue, voltando para aplicar um “One-Handed Powerbomb” na coreana, para então ir embora com sua associada. Pouco depois, Mia se levantou, com alguma dificuldade e voltou aos bastidores sob os aplausos do público.

– Kushida vence Raul Mendoza por submissão após aplicar um “Cross Armbreaker” saindo da última corda.

Após o combate, O’Reilly diz que era ótimo voltar a vencer, mas que algo estava faltando para eles, ao passo que Fish diz que o colega se sentia assim porque seus títulos e duplas estavam com os “Loserweights”, lembrando a todos que Roderick Strong e Adam Cole estavam se preparando para seguirem nos trilhos da vitória, e eles também o fariam. Matt Riddle e Pete Dunne aparecem e Riddle diz que ele, Dunne, todo o público e até William Regal estavam tristes com as reclamações da TUE, mas antes que pudesse continuar, Zack Gibson e James Drake apareceram e os atacaram pelas costas. Em seguida, Gibson disse que não ligava se a ERA tinha direito a revanche pelos títulos e que não iriam esperar decisões de Regal, falando que era o momento de se livrarem do que era antigo na divisão de duplas e dar espaço ao que era novo, atestando que logo os Grizzled Young Veterans iriam se tornar os melhores do mundo.

– Tegan Nox vence Deonna Purazzo por pinfall após aplicar um “Shiniest Wizard”. Com esse resultado, Nox se qualifica para a Ladder match que definirá a desafiante ao NXT Women’s Championship no Takeover: Tampa Bay.

– The BroserWeights (“The Bruiserweight” Pete Dunne & Matt Riddle) vencem The Undisputed ERA (Kyle O’Reilly & Bobby Fish c/ NXT Champion Adam Cole e Roderick Strong) por pinfall para reterem os NXT Tag Team Championships após aplicarem uma combinação de “Bro 2 Sleep” e “Enzuigiri” em O’Reilly. Ao meio do combate, Riddle jogou Strong e Cole no ringue, e Dunne fingiu ter sido atacado pelo NXT Champion, fazendo o árbitro expulsar eles de volta para os bastidores. E ao final do combate, foi a vez dos Grizzled Young Veterans virem ao ringue tentando interferências, tendo sido impedidos por Pete e neutralizados quando Matt jogou Fish em cima deles com um “Back Body Drop”.

Fonte: Wrestling Noticias

Por Johnny Marques

Fundador do Wrestlemaníacos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *