em ,

Tony Khan bane Hulk Hogan e sua ex-exposa dos shows da AEW

Tweet feito pelo CEO da AEW revela sua relação com o Hulkster

Tony Khan, CEO da AEW, revelou, através de seu Twitter, ter banido Hulk Hogan e sua ex-esposa dos shows da companhia, após comentários de Linda Hogan referente ao #BlackLivesMatter, protestos de apoio a George Floyd, morto após ação desproporcional da polícia americana.

No passado, Hulk Hogan esteve envolvido em casos de comentários racistas, revelados em 2015. Sua ex-esposa, Linda Hogan, em um Tweet já apagado fez comentários referentes aos protestos que ocorrem não só nos Estados Unidos mas, no mundo todo.

Vendo as filmagens dos roubos, são todos afro-americanos, mas não há claras evidencias, mas, se eles querem ser ouvidos precisam ser civilizados.

Em seguida, Tony Khan respondeu os comentários afirmando que Linda e Hulk estão banidos dos shows da AEW:

A WWE se distanciou do Hulkster quando, em 2015, o mesmo fez declarações racistas, sobre um homem que estava em um relacionamento com sua filha.

Nesse ano, a WWE rescindiu o contrato de Hogan e removeu todas as referencias ao seu nome de seus shows e imagens de seu arquivo.

Em setembro de 2018, a WWE anunciou que ele havia sido reintegrado ao Hall of Fame e participou do Crown Jewel, em novembro.

Curta a página do Facebook e nos siga no Twitter para ficar sempre atualizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *