em ,

Tony Khan surtou durante coletiva de imprensa

Logo do Double or Nothing, All Elite Wrestling organizou sua tradicional coletiva imprensa, na qual vários dos agentes chaves da empresa respondem perguntas acerca do que aconteceu no show, assim como dúvidas sobre o estado atual da AEW. Os primeiros em responder foram o dono da empresa, Tony Khan, e o novo Campeão Mundial da AEW, CM Punk.

Uma das perguntas feitas para eles esteve relacionada aos comentários feitos pelo antigo produtor executivo da World Championship Wrestling, Eric Bischoff. O quem, logo de uma briga de Twitter com Punk, declarou em um episódio do seu podcast, 83 Weeks, que o lutador de Chicago não causou um impacto econômico positivo para AEW:

“Tudo o que se ouve é “está vendendo muita mercadoria”, mas quanto é “muita”? Por sinal, cada vez que chega a emoção o inicial por qualquer, não apenas CM Punk, você lança uma nova camisa, e essa vira sucesso. Logo as ventas se nivelam, e se você realmente está “over”, você cria nova mercadoria para encher o tanque.” (…)

“Em termos do contexto do Punk se comparando com Randy Savage, Scott Hall e Kevin Nash, e o impacto deles quando chegaram à WCW. Quando Punk diz que ele importa mais que eles, em termos de audiência, ele não deu certo.”

“Em termos de retorno sobre investimento, esse cara deve ser o maior fracasso financeiro da história do Wrestling.”


A ira do Khan

Um jornalista na coletiva usou essas palavras das declarações do Bischoff, “Fracasso financeiro”, para fazer uma pergunta para o Punk. Mas foi Khan, quem ficou bravo, o quem respondeu:

“Isso é uma porcaria. (Fucking Bullshit.)

“Tem apenas uma pessoa que pode dar conta disso. Eu só posso declarar sobre o que acontece aqui, e está nos registros públicos. Várias destas coisas são questões de registros públicos, pela liberdade de informação e coisas assim. Nós já temos uma boa quantidade sobre vários fatos financeiros no Pro Wrestling.”

“Eu posso dizer que nenhum outro lutador tem chegado e fez uma diferencia financeira maior na história da minha empresa. Esta semana é o terceiro aniversário da empresa, e até o seu quarto ano, nenhuma pessoa fez um impacto mais positivo. Nós acabamos de quebrar um recorde de ventas em PPV. Ele já fez o ciclo dos 4 PPVs, e em cada um deles (Punk) quebrou o recorde.”

“Seja All Out, onde ele foi uma parte importante do evento junto com Darby; sua estreia foi gigante, o Last Dance foi a maior venta da história do Rampage. Ele levou a Guerra das Noites das Sextas, que por sinal, está registrado na Corte de Justiça de California, já que Jerry McDevitt o escreveu.” (…)

“Ele é a maior parte do sucesso financeiro da história desta empresa. Bora, Caralho. (Let’s Fucking Go.)”

A parte sobre o Jerry McDevitt, advogado da WWE, faz referência ao processo entre a empresa dos McMahon e a MLW. Vale lembrar que McDevitt usou como defesa o sucesso do Rampage frente a SmackDown como prova de que a WWE não tem um monopólio na indústria da Luta Livre.

Todos ficaram em shock

Os jornalistas, e até o próprio CM Punk, ficaram incômodos frente ao surto do Tony Khan. Mas disse que a resposta do seu chefe foi “boa”, e que opiniões como as do Bischoff deveriam de “morrer na obscuridade”.

Você pode assistir o vídeo do que aconteceu aqui:

Por César Mendoza

Un peruano con suerte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…