em ,

Tony Khan comenta sobre a situação de lesionados dentro da AEW

Durante uma entrevista para a NYPost.com, o presidente da AEW comentou sobre as lesões de lutadores dentro da empresa, mais especificamente sobre a situação de Bryan Danielson, Kenny Omega e Adam Cole – três grandes nomes do roster da AEW.

Bryan Danielson: Eu não acho que ele se machucar tenha sido algo bom. Eu acho que é uma das piores coisas, mas ele está muito melhor. Falo com ele de vez em quando. Falei com ele na última quarta-feira e ele estava tipo ‘Eu estou me sentindo incrível! Eu estou pronto para retornar e eu vou lutar contra Zack Sabre e nós vamos para o Blood and Guts. Vamos pra cima, cara!’. Logo depois eu falei com ele no sábado, 8 dias antes do PPV, e ele não estava tão bem assim. Então eu imediatamente disse: ‘Você não vai lutar até segunda ordem.’

Kenny Omega: Eu sempre fico preocupado quando um lutador se machuca, mas no caso do Kenny Omega eu nunca vi alguém sustentar tantas lesões por tanto tempo e ainda proporcionar lutas incríveis e ter um parcela significativa na bilheteria enquanto era campeão. É um caso diferente, pois no caso de Omega estamos lidando com múltiplas lesões, não apenas com uma. Eu estou otimista. Não quero colocar um prazo para o seu retorno, mas estou otimista de que ele retornará em breve.

Adam Cole: Ele não teve nenhuma aparição em ringue entre Double or Nothing e Forbidden Door. Ele estava na mesa de comentaristas. Ele já foi liberado para lutar, mas eu vou dar para ele um período de férias. Nós já esperamos um certo tempo, então podemos esperar mais um pouco até que ele se sinta 100% para retornar e lutar. Ele estava se sentindo 100% para o Forbidden Door. Isso mostra como as coisas são imprevisíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…